Sem Categoria

André Rocha em 08/03/14

Calo minha boca, me dou por vencido Escute meu silêncio e veja minha alma. Não preciso estar presente e ser ouvido E seja como for, independerá de calma. Azedo momento qualquer vida passa Só não é normal o azedume corriqueiro. E tudo já está ficando, assim, sem graça Passar por dissabores pelo mês inteiro. Sei […]

Continue lendo sobreA QUEM IMPORTA, A CULPA

André Rocha em 28/08/13

Não me tomarão como instrumento da ira alheia Salvo se minha convicção convergir para tanto. Como a certeza da impunidade a desordem norteia Restam míseras alternativas e nenhum espanto. Banalizando o que não é plausível de entendimento Ninguém se entende para definir o que é prioridade. Dentre inúmeras críticas e nenhum comprometimento Tão perdidos ficam […]

Continue lendo sobreTOMOGRAFIA MORAL

André Rocha em 19/04/13

O dia daquele que adora o fogo e à mãe terra, Do chão e da caça o seu sustento e nada mais. Dizimado em seu próprio solo: tal como guerra, Em um combate covarde a quem só quer paz. O dia daquele que, em seu canto, canta a vida, E mantém rituais transferidos a cada […]

Continue lendo sobreDia do Índio

André Rocha em 05/12/12

De várias retas e curvas se faz o escrito do poeta, O qual para alguns se manifesta num dom seleto. O que ao final então comentar da infinita e repleta, Obra que consagrou Oscar um grande arquiteto? Um lamento da ausência humana um tempo durará… E depois, depois, os corações saudosos se acalmarão. Restará, firme […]

Continue lendo sobreObrigado Mestre Oscar

André Rocha em 25/09/12

Você gostou? Compartilhe:Tweet

Continue lendo sobre