Poesias

André Rocha em 17/12/16

E finda mais um ano complexo! Apesar do estudo, subjetividade! De muito trabalho, pouco reflexo E entre antes amigos, saudade. Finda mais um ano de revoluções De amores infinitos à rompimentos De motivo algum, novas canções De corações secos, sentimentos. Um ano de competições e derrotas Em outros algumas vitórias a mais. Perdas irreparáveis em […]

Continue lendo sobreOUTRO ANO COMPLEXO (ref. a 2016)

André Rocha em 17/12/16

De repente o amor Seria como degustar frutas Desde as que adoçam a boca às mais amargas que existem… Das outras que nos lambuzam Às outras que nos mancham… Tem umas que nos saciam Outras nos deixam com fome… De que pomar viria o amor? Se eu pudesse plantar, reservaria lugar aqui no peito para […]

Continue lendo sobreEM QUALQUER ESTAÇÃO

André Rocha em 11/12/16

Não precisa fazer sentido E não precisa explicação Se mesmo quando sofrido Só quem sabe é o coração. Se um sentimento partido Agora cabe em uma canção Não foi forte e ter resistido Nas idas da vida, separação. E novamente temos revivido Novo dia, a mesma situação Falta de conversas ao ouvido Para melhorar o […]

Continue lendo sobreIDAS E VINDAS

André Rocha em 26/11/16

Pensando em meu canto E na ausência de cantos, Algum motivo para sorrir. Sem cantar, sigo pensando Minha existência silenciando Mas sem pensar em desistir. André Rocha Você gostou? Compartilhe:Tweet

Continue lendo sobreCONCORRENDO COM O SILÊNCIO

Você gostou? Compartilhe:Tweet

Continue lendo sobreOficina de Criação Poética na 32ª Feira do Livro