VIVA SEM ÁLCOOL, VIVA SEM DROGAS

Em mais uma dose a se perder na mentira
Vi você buscando sua felicidade artificial.
E ainda achando que o mundo à sua volta gira
Não consegues perceber o quanto lhe faz mal.

Volátil como o álcool que em seu corpo conspira
Tudo que fizeste tende acabar em um triste final.
Dos vários males que sofrerá enquanto respira
O pior será quando o desprezo se tornar habitual.

Mas a esperança que tenho, tão fácil não me tira.
Você ainda pode vencer o vício e voltar ao normal.
Entretanto, se insistir nisto que sua cabeça revira
Muito lamentarei quando terei de ir ao seu funeral.

Você gostou? Compartilhe:

Tags: , , ,

1 comentário on VIVA SEM ÁLCOOL, VIVA SEM DROGAS

  1. Vanessa Cristina disse:

    Maravilhoso poema, muito incentivador para as pessoas deixarem de usar drogas!Parabéns!