Deparei com um problema até então inédito
Ao pensar em algo para um texto redigir.
Como é difícil conceder algum crédito,
Quando afinal o assunto é se auto definir!

Relembro a esperança do tempo de infância,
Apesar da atualidade sempre forçar o inverso.
E ainda que o cansaço aumente a distância,
Sobre a realidade escreverei mais um verso.

Assim, como não falar também sobre o amor,
Se sou parte de um e todos me encantam?!
Se cada jardim um sentimento me inspirou,
Lembrar-me dos males que as flores suplantam.

Então, sou isso, amor, infância, realidade,
Um pouco de revolta, pois há sangue em mim.
Se sou tantos sentimentos e eles são de verdade,
Posso ser imortal no que escrevo e não terá fim.

 

André Rocha
09/06/2012

Você gostou? Compartilhe:

Tags: ,