Hoje, outro dia de tantos outros dias,
De tão relevante, não um dia qualquer.
Dedicado para propiciar todas as alegrias
O tão necessário ser, chamado mulher.

No passado, este dia chamou a atenção,
Mas não tão feliz foi o que aconteceu.
Mulheres operárias iniciaram a revolução
A partir disso, deste dia não se esqueceu.

Más condições de trabalho existem ainda
Assim como o preconceito se faz presente.
A mulher e o lutar diário que nunca finda
Ainda não a impede de seguir em frente.

Neste dia, amanhã, em qualquer outro dia,
Desejo o reconhecimento de todo seu poder.
Desejo tão belo ramalhete, uma bela poesia…
Assim, tudo de bom, será o mínimo a oferecer.

André Rocha
08/03/2013

 

Você gostou? Compartilhe:

Tags: , , ,