Eis então me pesa a responsabilidade
E vou escrever com pesar no coração.
Perdem as letras, perde a humanidade
Ao partirem do convívio outros irmãos.

Festa no Céu. Aqui, a literatura está triste!
Escrevo pois é o que eu tento fazer bem.
Em cada página escrita, que hoje existe
Caberá uma palavra a homenagear alguém.

Perdemos João, Rubens, e perdemos…
Assim outros tantos brasileiros esquecemos
E outros nem mesmo sabemos existir.

Mas aos que se conhece e aos anônimos
Escreverei só elogios e bons sinônimos
Antes que, sem cerimônia, possam partir.

André Rocha

Você gostou? Compartilhe:

Tags: , ,