Para cada mentira constante
Uma verdade inconsequente.
A cada padecer num instante
De mais uma vítima inocente.

Se vota ou é eleito ignorante
Que sentido faz para a gente?
Não se dará um passo adiante
Sem que a hipocrisia enfrente.

Que estas palavras, doravante
Possam assim seguir em frente.
Rompendo o mal dominante
Que ainda se faz tão presente.

Assim, evitará o mal gigante
E impedirá que o inútil aumente.
Deixando o de fato alarmante
Para o seu melhor combatente.

André Rocha
Primavera 2010

Você gostou? Compartilhe:

Tags: , , , ,