Textos

André Rocha em 03/12/17

Em um sentido único e determinado, Nós somos compelidos a caminhar. Sob reflexo de heranças do passado Julgamos o que aprendemos a julgar.   De modo que um passo não é dado, Sem a jurisprudência então consultar. Se é um direito do réu ficar calado, A sua versão ninguém irá escutar.   Fica o cidadão […]

Continue lendo sobreINJUSTA JUSTIÇA

André Rocha em 20/08/17

O epicentro das dores que se faz meu coração, Se nas pernas tremores Enlouquecida está a mão. No sismógrafo, os amores E na cabeça, confusão. As cartas dos navegadores Só os levam a solidão.   André Rocha Inverno 2017 Você gostou? Compartilhe:Tweet

Continue lendo sobrePOEMINHA GEOGRÁFICO

André Rocha em 08/04/17

O senhor da guerra não sabe o que é luta. Não sabe o que é luto, nem sabe perder. O senhor da guerra em sua piedade fajuta Só diz intervir apenas para o mal conter. Os sacos pretos anônimos nunca se viu Pois o senhor da guerra é muito ocupado. O senhor da guerra e […]

Continue lendo sobreAINDA HÁ QUEM MANDA NO MUNDO

André Rocha em 17/12/16

Ah, eu já nem me ouço! Meus próprios conselhos Cabem no meu bolso E já sinto meus joelhos…   Caminhando, só pela rua Bom, relembro como foi… Não importar se sol ou lua Independente, tchau ou oi!   E nada fazia sentido, mas Era um bom tempo de paz E não voltará, não voltará!   […]

Continue lendo sobreNINGUÉM TIRA O QUE APRENDEMOS

André Rocha em 17/12/16

Efervescente, turbilhão de ideias O papel não suporta o excesso. Em uma triste ópera sem plateia Escrevemos roteiros sem sucesso. Parca vontade de lutar, divergir Ir de encontro ao martelo batido. Leiloam nossas vidas sem fingir Sem remorso pelo povo abatido. E os planos sinceros. Mas eram? O acalanto para os que esperam Algo além […]

Continue lendo sobrepAREM eSTE cINISMO