Ao menos hoje não quero ver ônibus incendiado!
E não quero o rubro sangue jorrando nas calçadas.
Há muito para corrigir dos erros do passado
Sob exíguas soluções, nada vence as mãos dadas.

Rompem-se grilhões, finda a angústia no peito
Luta povo, que dia-a-dia já não cansa de lutar.
Segue e orgulha quem já morreu por seu direito
Antes mesmo de você nascer ou aprender a falar.

Não importa se afinal tem inteiro ou partido
A nação é apenas uma, e apenas um é o povo.
Se quem detém o poder ao povo não der ouvido
Certamente, amanhã, recomecará tudo de novo.

André Rocha
17/06/2013

Você gostou? Compartilhe:

Tags: , , ,