Carecemos de novas ideias e novos conceitos
Daí nos apegamos ao que julgamos o correto.
E a sociedade impinge aos outros, preconceito
E não resta, como existia, um pouco de afeto.

É claro que vou admitir: não sou imparcial!
Os olhos focam o que acredito e até entendo.
Não espero que chegue a mim e me julgue mal.
Quero sua liberdade. E o seu direito defendo.

Mesmo que eu não concorde com o seu dizer
O seu bem tal qual todos os outros vou querer
Espero que depois disso tudo, a paz prevaleça.

Mesmo que não concorde com tudo que eu disse
Conto com uma amizade que de mim não desistisse
E que não seja uma divergência que a estremeça.

André Rocha
Primavera 2014

Você gostou? Compartilhe:

Tags: , , , ,