André Rocha em 17/12/16
De repente o amor
Seria como degustar frutas
Desde as que adoçam a boca
às mais amargas que existem…
Das outras que nos lambuzam
Às outras que nos mancham…
Tem umas que nos saciam
Outras nos deixam com fome…

De que pomar viria o amor?
Se eu pudesse plantar,
reservaria lugar aqui no peito
para poder colher sempre…
…independente de qual estação…
Mas agora chove e logo chega a seca
De repente… nada escolherei…
E o nada colherei…

André Rocha
Primavera 16

Você gostou? Compartilhe:

Tags: , , ,

André Rocha em 11/12/16

Não precisa fazer sentido
E não precisa explicação
Se mesmo quando sofrido
Só quem sabe é o coração.

Se um sentimento partido
Agora cabe em uma canção
Não foi forte e ter resistido
Nas idas da vida, separação.

E novamente temos revivido
Novo dia, a mesma situação
Falta de conversas ao ouvido
Para melhorar o dia, sugestão.

Se afinal a pena terá valido
Hoje paira a dúvida, a questão
Não vou lamentar por ter sido
Entre as escolhas, contradição.

Seguindo o caminho escolhido
E cabisbaixos nesta confusão
Sofremos sempre pelo decidido
Sem ter valido a mera opinião.

ANDRE ROCHA
Primavera 2016

Você gostou? Compartilhe:
André Rocha em 26/11/16

Pensando em meu canto
E na ausência de cantos,
Algum motivo para sorrir.
Sem cantar, sigo pensando
Minha existência silenciando
Mas sem pensar em desistir.

André Rocha

Você gostou? Compartilhe:
André Rocha em 15/10/16

Em minha aula, não me siga o que tem medo.
Aliás, pode seguir, ensinarei a ter coragem.
Minha aula, a mente aberta, nenhum segredo,
Capaz de ler mil palavras em uma só imagem.

Em minha aula, peço que não me siga o fraco.
Aliás, pode seguir, ensinarei a ser forte.
Na aula, com a mente alerta, o injusto ataco,
Mesmo que o incauto governo, a verba corte.

Em minha aula, que não me siga o solitário.
Aliás, pode seguir, mostraremos o que é união.
Na aula, com atitude certa, no fazer diário,
No aprendizado para toda vida virá a educação.

Em minha aula, que não me siga o sonhador.
Aliás, somos todos sonhadores, pode me seguir!
Na nossa aula, que sempre tempere com amor,
Um bocado de respeito e o melhor que existir.

Em nossa aula, eu aprendo com você também,
Em qualquer situação que se queira crescer.
Quem ensina, aprende e poderá ir muito além,
E é a quem me ensinou que estou a agradecer.

André Rocha
15/10/2016

Você gostou? Compartilhe:

Oficina de Criação Poética

Você gostou? Compartilhe:

Tags: , , , ,